Total de visualizações de página

Tal qual uma matrioshka (boneca russa), vamos desvendando nossas porções. A cada novo tempo, uma nova aprendizagem. Agora é o momento de nos vermos como seres holísticos que têm: corpo, organismo, cognição (intelecto), inconsciente (desejo) e mente (consciência, espírito).

ANGELINI, Rossana Maia (2011)

“A falsa ciência cria os ateus, a verdadeira, faz o homem prostrar-se diante da divindade.”

VOLTAIRE (1694 -1778)

domingo, 30 de outubro de 2011

TEXTO PARA REFLEXÂO: ENVELHECER NO CORPO, CRESCER NA ALMA


        A vida é aprendizagem constante. Assim, deveríamos encarar todo o percurso que temos a viver. Creio que o envelhecimento do corpo faz parte dessa trajetória e, para muitas pessoas, vai na contramão, pois o corpo envelhece, mas a alma parece crescer, aperfeiçoa-se nesse processo.
Envelhecer deveria nos dirigir para o encontro do amor e da sabedoria constante. Um aperfeiçoamento que precisamos buscar em vida enquanto estamos. Talvez a sabedoria resida nesse caminhar para a serenidade, para a compreensão mais alargada do outro. Entretanto quantas pessoas envelhecem, estão na terceira idade e não se dão chance de crescer na alma, de ser uma pessoa melhor, mais afetiva, mais compreensiva, mais acolhedora.
        É interessante olhar para a velhice e ver tanta gente endurecida – pessoas que passaram grande parte da vida hostilizando outras pessoas, julgando, muitas amargas, e que permanecem nesse mesmo lugar, apesar do afeto com que são tratadas por outras pessoas mais humanizadoras. Penso que envelhecer é se dar a chance de confraternizar, de semear carinho e amor. No entanto, como chegar a esse caminho, se a vida foi tão dura e maltratou tanto, por tanto tempo? Como compreender esse movimento?
        Muitas pessoas na terceira idade conseguiram dar o salto, perceberam-se e se tornaram melhores, mais amáveis, mais acolhedoras. Porém, muitas ainda permanecem na sua rigidez, no orgulho, no egoísmo, na impossibilidade do afeto, da ternura, de um gesto de generosidade, verdadeiro. Triste!
        Muitas pessoas vivem tanto tempo e não se dão conta de que pararam no tempo, olhando para si mesmas como vítimas eternas de seu próprio desamor. Envelhecer requer sabedoria e, acima de tudo, humildade para perceber-se e sentir, verdadeiramente, o outro. Nem todas estão preparadas... Entender tal procedimento, entende-se, mas o convívio torna-se áspero, artificial, distante.
        Não é porque envelhecemos que nos tornamos “santos”, o respeito é fundamental por parte de todos, sempre! Agora, o amor...? Fica o convite à reflexão.
Rossana Maia Angelini



2 comentários:

  1. UM DOS MOTIVOS OBSERVADOS POR MIM, QUANDO A PESSOA SE VÊ ENQUADRADA NA CHAMADA "TERCEIRA IDADE", É A BUSCA E/OU DEDICAÇÃO À RELIGIÃO MAIS ASSIDUAMENTE. ACREDITO SER ESSE RECURSO QUE ATENUA O TAL "MEDO DA MORTE" E QUE DEIXA AS PESSOAS MAIS REFLEXIVAS OU MESMO MAIS REVOLTADAS.
    A VERDADE É, QUE SE DENTRO DE NOSSA CRENÇA RELIGIOSA A VIDA TEM COMEÇO, MEIO E FIM, OBVIAMENTE NINGUÉM QUER CHEGAR AO "FIM".ESSE PODE SER UM DOS FATORES DO AMARGOR, DO ORGULHO, DA RIGIDEZ E DO EGOÍSMO DE MUITAS PESSOAS, COMO SE FOSSE UMA DEFESA.
    NA CONTRAPOSIÇÃO, AS RELIGIÕES QUE PROPAGAM A ANTERIORIDADE DAS EXISTÊNCIAS, A VIDA APÓS A MORTE(A VIDA ETERNA), TRAZ UM CERTO CONSOLO PARA ALGUNS,INSEGURANÇA E MEDO À OUTROS, E AINDA TEM AQUELES QUE APESAR DA DEVOÇÃO, MANTÉM O CETICISMO EM RELAÇÃO AO ASSUNTO.
    ESSE É O RETRATO DE NOSSA EXISTÊNCIA AINDA FRAGILIZADA PELA NOSSA FALTA DE FÉ, DAS DÚVIDAS E INQUIETAÇÕES QUE AINDA PERMEIAM OS HUMANOS
    CORAÇÕES AINDA TÃO DESUMANIZADOS.
    A VELHICE É UMA FASE, SÓ MAIS UMA, DENTRE TANTAS COMO A INFÂNCIA, E JUVENTUDE E AS IDADE ADULTA COM SUAS SUBDIVISÕES, PORÉM IMPORTANTE SERIA SE ACOMPANHANDO A DEGENERAÇÃO CELULAR, HOUVESSE O REERGUIMENTO DA SABEDORIA, DA REFLEXÃO, DA ROBUSTEZ DA FÉ E PRINCIPALMENTE DA MUDANÇA DE FOCO DO OLHAR EM RELAÇÃO AO OUTRO.
    UM FOCO MAIS HUMANIZADOR RECHEADO DE AFETO,TERNURA E SOLIDARIEDADE. TEM UM AUTOR QUE ESCREVEU UMA POESIA QUE DIZ ASSIM :" TUDO MUDA,TUDO PASSA NESSE MUNDO DE ILUSÃO, VAI PARA O CÉU A FUMAÇA, FICA NA TERRA O CARVÃO".REFLITEMOS...

    ResponderExcluir
  2. Com certeza, somos meros aprendizes nessa caminhada, por isso tão singular, tão efêmera...Creio que falta ternura, para reinventarmos a vida de forma mais humana.
    Bjs!

    ResponderExcluir